Pular para o conteúdo

O E-commerce tem vantagens e desafios

O E-commerce tem vantagens e desafios

A oportunidade de vender online abriu as portas para muita gente, de microempresários à multinacionais e o e-commerce tem vantagens e desafios e é o modelo mais democrático das vendas.

Créditos de imagem: pixabay.com

Mas como qualquer estratégia de negócios, o e-commerce tem vantagens e desafios, ainda que eles não se sobressaiam aos benefícios.

Benefícios do e-commerce

Há no mínimo 7 vantagens no comércio online para vendedores e compradores. São elas:

  • Processo de vendas mais ágil

Vender online é mais rápido porque o cliente gasta bem menos tempo do que na loja física. Os produtos estão todos literalmente na vista dele, todos de uma só vez, já que em uma tela, ele navega facilmente pela vitrine virtual.

  • Loja e produtos catalogados

Através de uma lista de produtos, o usuário tem fácil acesso ao que procura, é só filtrar. Além disso, diferente das lojas físicas, no site, o comprador tem todas as informações do que procura: imagem, descrição do produto, categoria, preço, taxa de envio e data de entrega. Mas o que mais difere o e-commerce do físico são as avaliações e comentários de clientes, bem como vídeos de demonstração.

  • Redução de custos

Uma loja virtual requer hospedagem e manutenção, mas ainda é bem mais acessível do que o aluguel de um espaço físico, sem falar das contas fixas de água, telefone e energia.

  • Aberto 24 horas

Não tem horário para o cliente comprar, de manhã cedinho ou de madrugada, a loja virtual nunca fecha. 

  • Comparação de produtos

Em sites próprios para isso ou por conta própria, o consumidor compara preços e produtos online muito mais fácil do que andando de loja em loja na rua ou no shopping. Essa é uma forma de demonstrar transparência e dar conforto para o cliente.

  • Sem limitação de distância

Um e-commerce pode vender e entregar onde desejar, seja no exterior, apenas para o Brasil ou no próprio estado. A distância geográfica é sempre maior do que um comércio físico. 

  • Diversidade na forma de pagamento

O comércio eletrônico permite pagamento via cartão, depósito em conta, boleto e até pagamento na entrega a depender do negócio. 

 Mas e os desafios? Afinal, não é uma empresa se não tiver desafios, certo!?

Leia também: Ecommerce deve crescer 56% no Brasil até 2024

Desafios do e-commerce e como superá-los

Como um dos modelos de negócios que mais crescem no mundo, obviamente, alguns desafios fazem parte, mas nada que não possa ser superado.

Reunimos alguns deles e solucionamos pra você, confira.

  • Expectativa dos clientes

Atender às expectativas do cliente é a melhor forma de construir a reputação do seu e-commerce. O contrário também funciona, uma experiência ruim gera queixas e reclamações que podem manchar a marca ao serem espalhadas pela rede.

Segundo pesquisa da Oracle, 89% dos empresários iniciaram um negócio por causa de uma experiência ruim que tiveram com algum serviço, inclusive, esse pode ter sido o seu caso. Por isso, a solução é manter os olhos atentos para as tendências de comportamento do consumidor e personalizar a experiência dele de modo que seja agradável e atenda às expectativas.

  • Agilidade

Aqui o maior desafio é a logística. As pessoas têm pressa e não suportam atrasos. A solução é pensar em tudo, da navegação do site à entrega dos produtos e, principalmente, ao atendimento.

  • Personalização

Cuidado com os anúncios. Na ânsia por personalização, as empresas soltam anúncios excessivos de acordo com o gosto do internauta, mas o excesso desmotiva, a pessoa se percebe como apenas um número. Desenvolva um relacionamento saudável ao invés de jogar publicidade atrás de publicidade.

Fale dos interesses do cliente de forma intencional, mas através do marketing de conteúdo, por exemplo.

  • Competição

Sim, a internet é um ambiente competitivo, como o shopping e as ruas também são.  A solução é estudar os concorrentes, aprender com os pontos fortes e fracos deles e competir consigo mesmo. Veja os concorrentes como uma forma de oferecer soluções melhores para o cliente, a concorrência favorece a oferta de produtos e serviços, que com medo de ficar para trás, se aperfeiçoam constantemente. 

  • Segurança de dados

Hackers e fraudadores são ameaças não apenas de negócios digitais, mas da internet como um todo. Assegurar a proteção dos dados é uma prioridade. 

Trabalhe com protocolos de segurança. Graças à tecnologia, atualmente temos sistemas confiáveis de processamento de dados, softwares de firewall, plugins e uma série de padrões que possibilitam o tráfego seguro. Um bom programador dará conta da proteção do seu e-commerce.

 A depender do nicho, outros desafios serão inerentes. De qualquer forma, todos são solucionáveis principalmente como vimos, com o uso de tecnologia.

  • Atendimento no e-commerce

O atendimento já foi considerado o maior desafio das vendas online. As pessoas sentem falta da personalização de um atendimento presencial.

Mas por que falamos que o atendimento já foi considerado um dos maiores desafios? Porque com a ascensão do vídeo, o atendimento por vídeochamada tem superado as expectativas de compradores e vendedores.

O atendimento no e-commerce só se mantém como um grande desafio para empresas que ainda utilizam boots ou nem isso nas suas lojas virtuais.

O vídeocommerce confere mais segurança à compra, é ágil, dá a oportunidade de esclarecer todas as dúvidas da persona, oferece demonstração de um produto em detalhes, passa mais informação em menos tempo, aumenta a sensibilidade do cliente, a interação e gera mais credibilidade na venda.

 

Fonte: NuVidio